O que fazemos

A 350.org está construindo um movimento global para resolver a crise climática. Nossas campanhas on-line, nossa organização de base e nossas ações públicas de massa são coordenadas por uma rede global ativa em mais de 188 países.

O número 350 significa segurança climática. Para preservar um planeta habitável, cientistas afirmam que precisamos reduzir a quantidade de CO2 na atmosfera das atuais 400 parte por milhão para menos de 350ppm. Nós acreditamos que um movimento global de base pode chamar a atenção dos nossos líderes para a realidade apresentada pela ciência e para os princípios da justiça. Se pudermos fazer isso, então poderemos começar a colocar em prática soluções que vão garantir um futuro melhor para todos.

Com mais de 4000 línguas faladas em todo o mundo, as palavras nem sempre conseguem passar uma mensagem. Esta animação sem palavras explica o 350.org em 90 segundos:

Nossa história

A 350.org foi fundada por um grupo de amigos universitários nos Estados Unidos, juntamente com o escritor Bill McKibben, autor de um dos primeiros livros sobre o aquecimento global para o público em geral.

Quando nós começamos a nos organizar, em 2008, nós considerávamos a mudança climática o principal problema enfrentado pela humanidade — mas a ação climática estava atolada na política e quase paralisada. Não sabíamos como consertar a situação, mas sabíamos que um ingrediente que estava faltando era um movimento climático que refletisse a grandeza da crise.

Então, nós começamos a organizar dias coordenados para ações que conectavam ativistas e organizações ao redor do mundo, incluindo o Dia Internacional de Ação Climática (International Day of Climate Action), em 2009, a Festa Global de Trabalho (Global Work Party), em 2010, o Movendo o Planeta (Moving Planet), em 2011, e o Dia de Impactos Climáticos (Climate Impacts Day), em 2012. Nós organizamos a “maior instalação artística do mundo” e o “mais abrangente dia de ação política na história do planeta”. Nós percebemos que se nós seríamos um movimento, então teríamos que começar a agir como um. Clique aqui para assistir a vídeos destas mobilizações.

Hoje, a 350.org age em quase todos os países do mundo em campanhas como a luta contra as centrais elétricas a carvão na Índia, a interrupção do oleoduto Keystone XL nos Estados Unidos e o desinvestimento dos combustíveis fósseis nas instituições públicas em todos os lugares. Todo o nosso trabalho impulsiona o poder popular para desmantelar a influência e a infraestrutura da indústria de combustíveis fósseis e para desenvolver soluções para a crise climática centradas nas pessoas.