Global Climate March: Paris 2015

Enviamos uma mensagem a Paris:

Mais de 2.300 eventos
Mais de 175 países
Mais de 785.000 pessoas

Nos dias 28 e 29 de novembro, nas vésperas da conferência climática em Paris, centenas de milhares de pessoas em todo o mundo tomaram as ruas.

A Marcha Climática Global foi coordenada por uma coalizão de grupos climáticos e ativistas, que trabalharam juntos para mostrar aos líderes mundiais e aos delegados em Paris que o mundo está prestando atenção e que as pessoas estão se mobilizando.

Exigimos um acordo climático que esteja alinhado com a realidade científica e com os princípios da justiça. Esta foi nossa mensagem: Vamos manter os combustíveis fósseis no subsolo e financiar uma transição justa para 100% de energias renováveis até 2050.

  • Marchas em:
  • Adelaide
  • Amsterdã
  • Auckland
  • Austin
  • Barcelona
  • Beirute
  • Berlim
  • Berna
  • Brisbane
  • Budapeste
  • Camberra
  • Christchurch
  • Copenhague
  • Curitiba
  • Dhaka
  • Dumaguete
  • Edimburgo
  • Genebra
  • Helsinki
  • Ho Chi Minh City
  • Hong Kong
  • Joanesburgo
  • Kampala
  • Kiev
  • Kyoto
  • Lille
  • Lisboa
  • Londres
  • Los Angeles
  • Lugano
  • Lyon
  • Madri
  • Manila
  • Marselha
  • Melbourne
  • Cidade do México
  • Nova Delhi
  • Nova York
  • Oakland
  • Oslo
  • Ottawa
  • Paris*
  • Perth
  • Rennes
  • Roma
  • Seul
  • Sevilha
  • St. Gallen
  • Estocolmo
  • Sydney
  • São Paulo
  • Taipei
  • Tokyo
  • Valência
  • Vancouver
  • Washington D.C.
  • Wellington
  • Zurique
  • + E muito mais

Linha do tempo

Mais atualizações ao vivo →

Números

Mais de 785.000

pessoas participaram das marchas, de acordo com as últimas estimativas


Mais de 2.300

marchas em todo o mundo


Mais de 175

países sediaram eventos


20.000

pares de sapatos foram deixados como gesto simbólico de protesto após o governo francês ter proibido a Marcha Climática Global em Paris

1

par de sapatos cada, do Papa Francisco e do Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon

O nosso trabalho ainda não terminou.

Durante as duas semanas da conferência climática da ONU e no ano que vem, este movimento vai se tornar ainda maior, mais barulhento e mais importante. Inscreva-se para receber notícias sobre oportunidades para se unir a ações, mobilizações e muito mais.

O seu e-mail não será compartilhado com ninguém. Clique aqui para ver a nossa política de privacidade.

Obrigado! Confira sua caixa de entrada.