Envolva-se

Veja aqui o que você pode fazer para ajudar a construir um mundo livre de combustíveis fósseis.

Passo 1
Matenha-se a par dos acontecimentos

Inscreva-se

Comece agora Junte-se nós: —

Precisamos nos organizar para resolver a crise climática. Inscreva-se aqui! Conectaremos você com o movimento para parar os combustíveis fósseis e promover um mundo movido por 100% de energia livre.

Inscreva-se:

Olá !

Guardamos as suas informações de contato da última vez que você esteve por aqui. Por favor, clique no botão abaixo para continuar.

Não é ? Log out

Milhões de pessoas estão adotando medidas rápidas e simples em prol da justiça climática. Seja uma delas! Deseja receber e-mails sobre campanhas, histórias e ações importantes?

Ao tomar essa ação, você está concordando com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição quando quiser.

Passo 2
Encontre um grupo ou campanha perto de você

Para se envolver com o movimento climático e conhecer pessoas que pensam como você, participe de um grupo ou campanha em sua comunidade.

Use o mapa abaixo para encontrar um grupo perto de você. Entre em contato e participe da próxima reunião. Todo mundo é bem-vindo e todo mundo é necessário.

Se não conseguir encontrar um grupo em sua região, talvez seja a hora de você criar um!

Não encontrou um grupo ou campanha perto de você? Planeje o seu!

Nosso objetivo é ter milhares de grupos locais agindo em solidariedade uns com os outros. Temos recursos online para ajudar você a colocar as coisas em prática e podemos adicionar seu grupo ao mapa para que outros possam se unir.

Crie um grupo

Saiba mais sobre como iniciar um grupo

Campanhas na sua região

Participe de uma campanha ativa em sua região e encontre mais formas de se envolver.


Oceania

Austrália

  • Nossas Ilhas, Nosso Lar – Em defesa dos direitos humanos, os habitantes das ilhas do Estreito de Torres entraram na justiça com o primeiro processo relacionado às mudanças climáticas contra o governo federal australiano.
  • NAB: Banque o Nosso Futuro – O Banco Nacional da Austrália (NAB) está revisando sua política de petróleo e gás, mas hesita na hora de cortar bilhões de dólares em financiamento destinados à indústria fóssil. Assine agora e envie uma mensagem poderosa.
  • Investigações mobilizadas pelas pessoas – Trazemos à luz os negócios desonestos do lobby dos combustíveis fósseis para que juntos possamos salvar nossa democracia dos poluidores.

Nova Zelândia

  • Escolas Livres de Fósseis – As crianças de Aotearoa – nome maori da Nova Zelândia –merecem ar puro quando vão à escola. Mais de 400 mil jovens do país frequentam escolas que queimam combustíveis fósseis, poluindo nosso ar e emitindo os gases de efeito estufa que causam a crise climática. Assine a petição e exija que o governo neozelandês financie uma transição rápida rumo a 100% de energia renovável para todas as escolas.
  • ACC Zero Fósseis! – Um dos maiores fundos de investimento público da Nova Zelândia, o ACC está gastando mais de 700 milhões de dólares de dinheiro público para enriquecer as empresas de combustíveis fósseis que, de forma consciente, empurraram nosso clima à beira do colapso – e que agora ameaçam dar um passo à frente. O ACC precisa garantir que o dinheiro dos contribuintes – que deveria ajudar outras pessoas – não sustente a indústria de combustíveis fósseis. Precisamos colocar o ACC no caminho certo, com as nossas comunidades e o meio ambiente em primeiro lugar, usando os fundos públicos para a construção de um futuro mais saudável para todos e interrompendo o investimento na indústria de combustíveis fósseis.
  • Energia Caseira – Apenas 80,5% da geração de energia na Nova Zelândia é livre de combustíveis fósseis. Exigimos uma transição rápida e justa para 100% de energia renovável. Não podemos permitir que nossas vidas sigam movidas a combustíveis poluentes do século passado.

Pacífico

  • Envolva-se no Pacífico – Ao lado dos Guerreiros Climáticos do Pacífico, lutamos por um futuro melhor para todos no mundo inteiro. Inscreva-se para se conectar ao movimento e ajude a construir um mundo zero fósseis onde quer que você esteja.

 


América do Norte

Canadá

  • Exija que Justin Trudeau aprove a Lei de Transição Justa – Enquanto corremos para acabar com a era dos combustíveis fósseis, já se passaram quase três anos desde que o primeiro-ministro Justin Trudeau prometeu leis em apoio a trabalhadores e comunidades. À medida que a crise climática aumenta, fica evidente que não podemos mais adiar nossas ações. Assine a petição agora e ajude a enviar uma mensagem inequívoca sobre a força do nosso movimento.
  • Junte-se ao Dia de Ação por uma Transição Justa – Precisamos que o Parlamento responda a este momento e aprove uma legislação abrangente para uma transição justa, que acompanhe a velocidade da crise climática, gere empregos dignos e verdes e não deixe ninguém para trás. Por isso, em 12 de março, os canadenses vão se mobilizar em todo o país para avisar os políticos que não toleramos mais essa demora. Junte-se a nós.

Estados Unidos

  • Federal Reserve Zero Fósseis – Durante a pandemia de covid-19, o Federal Reserve – o Banco Central dos EUA – financiou empresas de combustíveis fósseis com bilhões de dólares. Isso não foi um socorro público. Precisamos de um banco central que apoie negros, indígenas e comunidades não brancas que lutam na linha de frente da covid-19, da injustiça racial e econômica e da destruição climática. Em vez disso, o Federal Reserve está negligenciando a regulamentação dos bancos que financiam projetos de expansão de petróleo, gás e carvão, financiando ativamente a crise climática. Junte-se à nossa luta e exija que o Federal Reserve tome medidas imediatas para combater a crise climática.

 


Europa

  • Pelo Fim do Financiamento de Combustíveis Fósseis – Anualmente, bancos públicos e privados despejam centenas de bilhões de euros na indústria fóssil. A única maneira de detê-los é com uma articulação pública constante e muita mobilização popular.

Reino Unido

Alemanha

  • Kein Geld Für Klimaverbrecher – O Banco Central Europeu destina bilhões de euros a empresas de carvão, petróleo e gás, como Shell e Total. Esses fundos deveriam ajudar as pessoas e a economia a se recuperarem da pandemia. Em vez disso, quem se beneficia são empresas que poluem o meio ambiente e violam direitos humanos no mundo inteiro. Tome uma atitude agora para evitar que isso aconteça novamente.

França

  • A Total Já Sabia – Gigante do petróleo, a Total sabia desde a década de 1970 que a queima de combustíveis fósseis provoca mudanças climáticas. Eles mentiram, financiaram a o negativismo climático e lucraram enquanto roubavam o nosso tempo e futuro. É hora de acabar com o financiamento a essa empresa.

 


América Latina

Brasil

  • Diga Não ao Petróleo e ao Gás na Amazônia – O governo brasileiro está leiloando a Amazônia para a indústria de combustíveis fósseis, colocando em risco comunidades indígenas e tradicionais e causando danos irreversíveis à biodiversidade. Assine e compartilhe a petição para ajudar a proteger a Amazônia.
  • Basta de Financiamento Fóssil – As instituições financeiras vêm lucrando com a destruição do nosso planeta e alimentando o caos climático. De 2016 a 2020, a quantidade de dinheiro que bancos do mundo inteiro investiram em combustíveis fósseis foi mais que o dobro do PIB brasileiro. Isso precisa acabar. Exija que os bancos brasileiros destinem seus investimentos AGORA para uma transição justa em toda parte.

África

  • #AfrikaVuka – A plataforma #AfrikaVuka une campanhas e movimentos que atuam para acabar com a era dos combustíveis fósseis na África e fazer a transição para a energia limpa e renovável. Trata-se de uma rede de campanhas voltadas a impedir novas infraestruturas de combustíveis fósseis no continente.

Nigéria

  • Nigéria Sem Carvão – A campanha exige que o governo nigeriano pare de emitir licenças para a mineração de carvão. Signatária do Acordo de Paris, a Nigéria tem a obrigação de reduzir sua emissão de carbono, e isso inclui, entre várias outras ações, proibir totalmente a exploração de carvão no país.

República Democrática do Congo

  • Virunga Zero Fósseis– Uma campanha para dizer não à exploração de petróleo no Parque Nacional de Virunga, uma das áreas protegidas com maior biodiversidade do mundo, lar de mais de mil espécies, incluindo os gorilas-da-montanha mais ameaçados de extinção.

África do Sul

  • Green New Eskom – A campanha por um Green New Eskom está sendo liderada pela Climate Justice Coalition, coalizão formada pela sociedade civil sul-africana unindo organizações de base, sindicatos e entidades comunitárias. A iniciativa exige uma transição rápida e justa para uma economia movida à energia renovável, controlada pelas comunidades, de modo a fornecer energia limpa, segura e acessível para todos, sem que nenhum trabalhador ou comunidade fique para trás.
  • Financiamento Público para o Clima – A campanha visa pressionar a Instituição Financeira de Desenvolvimento Público (DFI) e o Banco de Desenvolvimento da África Austral (DBSA) para desenvolver e implementar uma política de exclusão de combustíveis fósseis, a fim de direcionar os fluxos financeiros para uma ação climática efetiva. A iniciativa exige a criação de uma política que mescle objetivos interseccionais de descarbonização e de inclusão social e sustentabilidade ambiental, numa abordagem centrada nas pessoas, visando a descarbonização.

Ásia

Bangladesh

  • Green New Deal– Bangladesh deve manter o carvão e o gás fora de seus planos de transição energética, cancelar todos os projetos de usinas de carvão e usar a terra para iniciar novos projetos de energia solar. Junte-se ao movimento agora.
  • JICA: Não Financie a Usina de Carvão Matarbari em Bangladesh – O governo japonês deve fazer com que a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) pare imediatamente de investir na usina de carvão Matarbari Fase 2, de 1.320 MW, em Bangladesh. O país sofre com os impactos da crise climática. Construir uma usina de carvão traria mais miséria do que desenvolvimento. Assine a petição para ajudar a pressionar a JICA!

Japão

  • Três Megabancos Japoneses: Abandonem o Financiamento Fóssil – Três dos maiores “megabancos” do Japão têm sido a força motriz por trás da economia japonesa. Essas mesmas instituições são os três maiores credores da indústria de carvão no mundo, colocando esses bancos entre os maiores financiadores globais de combustíveis fósseis. Assine a petição e diga aos megabancos japoneses: “Abandonem o financiamento fóssil!”.
  • Vamos Desinvestir – Uma campanha da 350 Japão incentiva cidadãos japoneses a desinvestir em bancos ligados aos combustíveis fósseis e transferir suas economias pessoais para instituições financeiras livres desses combustíveis. Ao promover o desinvestimento individual, criaremos um diálogo social mais amplo em torno da responsabilidade das principais instituições financeiras do Japão, apoiando a transição para uma sociedade movida à energia renovável. Assine o relatório de sua experiência de desinvestimento!

Filipinas

  • Jogue a Lei Antiterrorista no Lixo – Diariamente, os defensores ambientais filipinos enfrentam o perigo de forma inabalável. Eles formam a primeira e a última linha de defesa do nosso planeta. Em tempos de crise climática desenfreada e pandemias emergentes da natureza sitiada, temos que resistir a leis que minam a capacidade de protegermos nosso direito a uma ecologia equilibrada e saudável – mais importante, nosso direito à vida. Exija que o governo Duterte, por meio do Congresso das Filipinas, revogue a Lei Antiterrorismo.

Indonésia

  • Lei Omnibus– O governo indonésio aprovou uma lei para criação de empregos que afrouxa regulamentações trabalhistas e ambientais. Trata-se de uma ameaça aos direitos dos trabalhadores, à proteção ambiental e à proteção de povos indígenas, agricultores e comunidades da linha de frente. Assine e demonstre sua solidariedade à luta do povo da Indonésia por seus direitos.
  • #BersihkanBankmu – Seu banco ainda financia os perigos e a sujeira do carvão? Aproveite esta oportunidade para exigir que é hora de mudar para a energia renovável e segura!

Passo 3
Desenvolva sua capacidade de mobilização

Recursos gratuitos para mobilização

Aprenda técnicas e ferramentas que vão ajudar seu grupo a superar problemas de organização e trabalhar em equipe.

trainings.350.org

Tanto faz se você é um(a) ativista experiente ou se está começando, sempre há algo para aprender.

Consulte nossos treinamentos para conhecer materiais úteis sobre como manter conversas sobre a crise climática, como contar histórias em meio digital e muito mais.

Perguntas frequentes

O que a 350.org faz?

Somos um movimento internacional de pessoas comuns que trabalham para pôr fim à era dos combustíveis fósseis e construir um mundo de energia renovável e livre para todos, liderada pela comunidade.

A 350 trabalha com campanhas organizadas pelas comunidades no mundo todo. Essas campanhas combatem usinas de carvão e megaoleodutos, apoiam soluções baseadas em energias renováveis e cortam a corda de salvamento da indústria dos combustíveis fósseis. Todo o nosso trabalho impulsiona o poder das pessoas — indivíduos trabalhando juntos na busca de um objetivo comum — para desmantelar a influência e infraestrutura da indústria dos combustíveis fósseis. Saiba mais em nossa página Sobre Nós..

Como posso participar?

Para começar, confirme se você já está em nossa lista de e-mails. Navegue pelo restante dessa página para ver como você pode contribuir mais com um grupo local. A partir daí, o que você pode fazer e quanto pode se envolver depende das necessidades do grupo, dos seus interesses e do tempo que você quer dedicar a isso!

Não tenho tempo para me comprometer com um grupo local. Como posso me envolver ainda assim?

Seja pessoalmente, seja online, conversar com as pessoas ao seu redor sobre a crise climática e sobre o que está acontecendo na sua região já é um passo importante para gerar mudanças. Também siga grupos de ação climática como a 350 nas redes sociais e compartilhe seu conteúdo. É uma forma de se comprometer um pouco e mostrar seu apoio.

Se não houver nenhum grupo em sua região ainda, considere a possibilidade de reunir outros apoiadores locais em um evento específico – um piquenique, uma exibição de filme ou uma roda de discussão, por exemplo. A criação de relações entre pessoas aguerridas de sua comunidade aumenta a possibilidade de formação de um grupo, mesmo que você não possa liderá-lo pessoalmente.

Você também pode fazer uma doação para manter o movimento forte..

Vocês podem me ajudar a fazer essa campanha acontecer?

Você conhece a sua comunidade melhor do que ninguém, então acreditamos que os grupos locais são os que têm mais chance de fazer acontecer — com sucesso — suas próprias campanhas. Mesmo assim, podemos oferecer materiais e orientação para garantir que você esteja preparado(a) para agir para as mudanças que você quer ver acontecer.

Por que vocês não estão falando sobre coisas como reciclagem e veganismo?

Nossas campanhas se focam em criar um poder transformador que desafie o status quo e a sensação de autorização social da indústria dos combustíveis fósseis. Isso quer dizer menos foco nas escolhas pessoais de consumo (que são incrementais) e mais ênfase na ação coletiva (que pode abordar questões sistêmicas maiores).

Ambas são importantes, mas acreditamos que, criando um movimento ligado a essas três demandas, conseguiremos atingir pontos de virada política que permitirão mudanças grandes o suficiente para interromper a crise climática:

  • Uma transição justa e imediata rumo a 100% de energia renovável e limpa para todos
  • Nenhum novo projeto de combustíveis fósseis em nenhum lugar do mundo
  • Nenhum centavo a mais para o financiamento da indústria dos combustíveis fósseis.

 

Então, devo ir adiante e começar um grupo local?

Se conhece mais pessoas engajadas na sua comunidade que possam ajudar você e se identifica com as demandas básicas e princípios de organização da 350.org, sim! Comece agora mesmo.

Nosso objetivo é ter milhares de grupos locais agindo em solidariedade uns com os outros. Desenvolver um grupo até que ele esteja pronto exige tempo, comprometimento e energia, mas é exatamente desse tipo de comprometimento que precisamos se queremos mudar o rumo da história.

Eu já faço parte de um grupo local. Podemos nos unir à 350?

Isso é ótimo! Se você já está em um grupo, provavelmente já conhece os benefícios dos encontros presencias e das organizações em equipe. Leia as diretrizes para grupos locais e preencha o formulário para registrar seu grupo.

Que tipo de suporte a 350 oferecerá quando eu começar um grupo?

Temos muitos treinamentos e materiais disponíveis para ajudar você e, frequentemente, realizamos campanhas das quais grupos locais podem participar. Dependendo de sua localização e de quantos integrantes ou voluntários estiverem disponíveis, talvez nós também possamos oferecer coaching ou outras formas de suporte direto. Mas lembre-se: no final das contas, é seu próprio grupo que pode criar e consolidar o movimento na sua região.

A 350 vai nos pagar para organizar um grupo local?

Não, a 350 não pode pagar você por organizar um grupo local. Mas nós temos treinamentos sobre captação de recursos. Assim, seu grupo poderá obter recursos próprios e se manter com as próprias pernas.

Posso estagiar na 350 ou em um grupo local?

Você pode fazer parte da 350 como voluntário(a), mas não temos estágios formais e não temos como transformar horas de voluntariado em créditos escolares ou universitários. É possível que um grupo local ou organização parceira tenha uma resposta diferente para isso. Nesse caso, é melhor entrar em contato diretamente com eles.